Logo do Dr. Paulo Kassab | CRM 42.138
Agende sua consulta

Câncer colorretal tem cura? Entenda quais são as chances após diagnóstico

Tempo de Leitura: 3 min
Atualizado em 14/12/2023
Sumário

Conheça o câncer colorretal, uma condição desafiadora que afeta o cólon e o reto. Aprenda como a detecção precoce e as opções de tratamento personalizado podem impactar positivamente o prognóstico. Entenda mais sobre esse assunto lendo o texto abaixo.

cancer colorretal tem cura entenda quais sao as chances apos diagnostico blog

O cólon e o reto são partes fundamentais do sistema digestivo humano. O cólon, também conhecido como intestino grosso, é responsável por absorver água e eletrólitos dos alimentos não digeridos, transformando-os em fezes. O reto, por sua vez, armazena as fezes antes de serem eliminadas do corpo. 

Esses órgãos desempenham papéis cruciais na manutenção do equilíbrio hídrico e na eliminação de resíduos

Doenças como o câncer podem acometer essas estruturas. Ele que consiste no crescimento descontrolado e divisão de células anormais, que podem se disseminar.

Neste artigo, vamos explorar o câncer colorretal, incluindo o que é, quais as suas causas, como é realizado o diagnóstico, tratamento e detalhes sobre a gravidade dessa condição. Leia até o final e saiba mais!

O que é o câncer colorretal e quais as suas causas?

O câncer colorretal é uma condição maligna que se desenvolve no cólon ou no reto. Ele geralmente surge como pequenos crescimentos chamados pólipos, que podem se transformar em tumores cancerosos ao longo do tempo. 

As causas exatas do câncer colorretal não são totalmente compreendidas, mas vários fatores de risco foram identificados. 

Idade avançada, histórico familiar de câncer colorretal, inflamação crônica do intestino, dieta pobre em fibras e rica em carne vermelha e processada são alguns dos fatores que podem aumentar a probabilidade de desenvolvimento dessa condição.

Como é realizado o diagnóstico de câncer colorretal?

O diagnóstico precoce é crucial para o tratamento eficaz do câncer colorretal. Diversos métodos são empregados para identificar a presença da doença. 

A colonoscopia é uma das ferramentas mais eficazes, permitindo que os médicos visualizem o interior do cólon e do reto em busca de pólipos ou tumores.

Exames de sangue oculto nas fezes e exames de imagem, como a tomografia computadorizada (TC) e a ressonância magnética (RM), também desempenham papéis essenciais no diagnóstico.

Como é o tratamento do câncer colorretal?

O tratamento do câncer colorretal varia de acordo com o estágio da doença e outros fatores individuais. A cirurgia é frequentemente realizada para remover o tumor e, em alguns casos, parte do cólon ou reto.

A quimioterapia e a radioterapia (esta última mais comum no câncer do reto) são opções adicionais, visando destruir as células cancerosas remanescentes e evitar a recorrência. Terapias-alvo, que atacam especificamente as células cancerosas, também são uma abordagem inovadora no tratamento do câncer colorretal.

O câncer colorretal é grave? Quais as chances de cura?

A cura do câncer colorretal depende de vários fatores, incluindo o estágio em que o câncer é diagnosticado, as características específicas do tumor, a resposta ao tratamento e a saúde geral do paciente. 

É importante entender que o câncer colorretal pode ser tratado com sucesso em muitos casos, especialmente quando diagnosticado precocemente.

No entanto, à medida que a doença se espalha para outros órgãos, as perspectivas podem se tornar mais desafiadoras. 

Conheça os estágios do câncer:

  • Estágios iniciais (I e II):
    • Quando o câncer está confinado ao local de origem, as chances de cura são significativamente mais altas
    • A remoção cirúrgica do tumor é frequentemente suficiente para tratar a doença nesses estágios.
  • Estágios avançados (III e IV):
    • Conforme o câncer se espalha para os gânglios linfáticos ou para outros órgãos (metástase), as chances de cura diminuem
    • Mesmo em estágios mais avançados, o tratamento pode curar ou controlar a doença e melhorar a qualidade de vida.

O acompanhamento médico regular, tratamento personalizado e a adesão rigorosa ao plano de cuidados são fundamentais para otimizar as chances de cura.


A conscientização sobre os fatores de risco, a busca por exames de rotina e a adoção de hábitos de vida saudáveis são passos essenciais na prevenção e detecção precoce do câncer colorretal.

Dr. Paulo Kassab Imagem do Doutor CRM 42.138

Dr. Paulo Kassab

CRM:  42.138     RQE:  64.606
Sou graduado em Medicina pela Faculdade de Medicina de Santo Amaro, Mestre em Medicina(Cirurgia) pela Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo e Doutor em Medicina (Cirurgia) e possuo Livre Docência pela Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo.

Gostou do conteúdo? Compartilhe!

Tags: 
Deixe um comentário
O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *
magnifiercrossmenuchevron-down